quarta-feira, 17 de outubro de 2007

O êxito da abstinência, castidade e fidelidade no combate à AIDS

Com as mudanças no comportamento sexual das últimas decadas e a massacrante campanha contra princípios tradicionais, como o sexo após o casamento, fidelidade ao parceiro conjugal e valorização da virgindade entre os jovens, o que temos percebido é que muitos problemas surgiram no bojo dessas trasformações sociosexuais. Talvez o amior problema que enfrentamos neste período, que permanece até hoje é o da AIDS. Nas últimas décadas tem assustadoramene arrazado as populações de países ricos e pobres, sendo sua maior assolação no continentes africado.

Muitas campanhas e recursos têm sido utilizados para amenizar a questão. Geralmente o que se tem visto é a popularização do uso de preservativos, como meio mais eficaz de comabete a doença. Infelizmente os resultados não confirmam os objetivos. Diferentemente de outros paises Uganda elegeu um outro viés de campanha e os resultados têm sido surpreendentes.


A agência LifeSite denunciou que a maioria das reportagens sobre AIDS na África omite sistematicamente os avanços da Uganda em conter a epidemia, por ter privilegiado em sua política sanitária a promoção da abstinência sexual, a fidelidade e a castidade.


Citando os últimos informes, a agência sustenta que a Zâmbia é o último país em sofrer uma dramática queda em sua expectativa de vida. Entre os anos 1990 e 2000, a expectativa de vida caiu de 52 para 40.5 anos, enquanto que a UNICEF diz que a AIDS é a principal causa de morte e assegura que 20 por cento da população adulta está infectada.


A África Sub-Saariana tem cerca de 30 milhões de casos de HIV positivos, e 60% são mulheres. Em Suazilândia, o governo diz que 38.6 por cento dos adultos é HIV positivo, 4 por cento mais que há um ano. Além disso, as figuras das Nações Unidas mostram que Botswana a mais alta taxa de infecção adulta do mundo com 38.8 por cento.Muitas autoridades, incluindo o Secretário de Estado norte-americano Colin Powell, louvaram e reconheceram o êxito de Uganda em reduzir a taxa de infecção local em 50 por cento desde 1992. Inclusive a CNN exibiu no ano 2000 que o país é "visto como o mais bem sucedido na luta contra a AIDS".


Entretanto, precisa LifeSite, por alguma razão "as reportagens poucas vezes mencionam que o êxito de Uganda é baseado no incentivo à abstinência, castidade e fidelidade, e não nos preservativos".


"Embora na África do Sul a doença continue crescendo e já afeta 15.6 por cento dos que têm entre 15 e 49 anos a pesar de, ou talvez por, ter aumentado significativamente o uso de preservativos. Destaca-se que a agência da ONU para a AIDS em sua página oficial na Internet www.unaids.org não menciona o avanço da Uganda".


Por tudo que cremos e defendemos esse tipo de resultado nos faz reafirmar que os princípios divinos para uma vida sexual saudável são e sempre serão a melhor opção para os seres humanos.

4 comentários:

Toninho disse...

na verdade preciso do seu e-mail. seus artigos são sempre esclarecedores e eu preciso de orientação pessoal se possível. me retorne ra que eu possa te falar sobre minhas duvidas. e parabéns pelo seu trabalho.

Virgilio Gomes do Nascimento disse...

Toninho, você pode me acessar pelo meu site www.psicosex.com.br

Joque disse...

Olá! Meu nome é Joquebede, sou adventista em Brasília e acho seus artigos muito interessantes. Trabaho com um rapaz homossexual que tem muito interesse em ter um relacionamento com Jesus. Ele tem um certo conhecimento da bíblia, pensa que Jesus não abomina sua opção sexual e ao mesmo tempo sente que seu pensamento pode não estar correto. É possível que você me dê uma sujestão por onde comecar? Ele me emprestou o livro "O que toda mãe e todo pai devem saber sobre a homosexualidade" e eu li. Conversamos bastante mas não encontrei um livro sequer aqui em Brasília pra ele. Ficarei feliz se puder me "dar uma luz". Meu E-mail: joquesilva@gmail.com Obrigada!

mona disse...

ola meu nome é Monaliza,e acho seus documentários muito interessantes.

Sou adventista, e tenho a certeza que vocês estão ajudando muitas pessoas com essas documentações.

Que Deus vos abençõe!!!